24/07/2015

Resenha Literária | Cartas Imortais

Ebook cedido por: Filipa Almeida
Título: Cartas Imortais
Autora: Filipa Inês Almeida 
Editora: Chiado Editora
Número de páginas: 156 
Sinopse: 
❝ Páginas inacabadas
Abertas as páginas inacabadas
Do meu ser
Cobertas por palavras sonhadas
Ainda por viver
Questionando a realidade
Renunciando a verdade
Em busca do concreto
Neste meu livro aberto 
Olá, gente abençoada? Tudo bem com vocês? E olha mais uma resenha e é do livro da parceira do blog, Filipa! Que é muito simpática e atenciosa. Seu livro me encantou de tantas formas e já me encontro apaixonada pelos seus poemas, tão românticos e de puros sentimentos. Vamos para a resenha, sim?!

Resenha:

As apresentações do livro: Li o livro em formato digital, pois ainda não tive a oportunidade de comprá-lo, mas isso não afetou a leitura, que fluiu tão maravilhosamente e de maneira de nos fazer suspirar, devo dizer.
A história é cíclica, porque cada pessoa é única, vive e sente a vida de forma exclusiva, tem um percurso de vida individual e mesmo assim as nossas histórias encontram-se numa encruzilhada de sentimentos que nos permitem entender uns aos outros no nosso íntimo e singularidade. Nota da autora
Suas palavras são tão tocantes e demonstra o quanto ela ama a escrita, o quanto os sentimentos dela estão sincronizados com seus poemas, que são de tirar o fôlego, com certeza! Me vi em dúvida de quais eu deveria escolher para colocar nesta resenha, e decidi pelos quais eu mais me apaixonei e me identifiquei neles. E sim! Ele é separado em 4 cartas, são essas: Carta 1 - Anna Karenina e Conde Vronski, Carta 2 - Jane Eyre e Mr. Rochester, Carta 3 - Christine e Erik e Carta 4 - Tu e Eu.
(página 17 ☞ Carta 1: Anna Karenina e Conde Vronski)❝ A tua sombra
Vejo-te a atravessar-me
Com a tua sombra
Que está a acalmar-me
Esta grande obra
Que Deus criou
Talvez seja o nosso amor
Que acabou
De começar
Para nunca acabar
Para ser infinito como o Universo
E ser poético como um verso
Quero-me perder
 Na tua sombra perfeita
Como se fosse uma seita
Que me acerta
Para me fazer aprender
A perder-me em ti
Quero-me perder na tua sombra
Tu és aquela estrela
Que me mostra o caminho
Que me ilumina caindo a cera
Como numa vela ao cantinho
De uma grande sala
Cheia de luz natural
No meio daquela ala
Perdida num temporal
De sentimentos negativos
Que queremos abandonar
Para estarmos sempre perdidos
Nos nossos braços a namora
Atravessa-me com a tua sombra
Mostra-me quem tu és
Quero-me perder em ti
Vamos juntar as nossas sombras ❞
Você sente o poder do amor em cada verso, a cada palavra. Você sente todos os sentimentos misturados, o da esperança, o da paixão que arde no coração e o puro amor. Me vi sorrindo a cada novo poema, imaginando-me com meu amado e sorrindo aos versos bem ritmados e belos.
(página 101 ☞ Carta 2: Jane Eyre e Mr. Rochester) ❝ Esperança
Eu estou em paz
Quando souber como se faz
Como se vive e se jura amor
Eterno, e se vive com o ardor
Da loucura da paixão
Da criação de memórias no coração
No teu coração eu vivo
Nas tuas palavras eu respiro
As tuas atitudes eu sigo
O vazio de um suspiro
A minha força é o acreditar
Que quando eu olhar
Para as estrelas tu vais lá estar
Até quando o brilho acabar
Até quando o mundo terminar ❞
Gente, eu me encanto a cada vez que volto a ler esses poemas. São tão lindos e você sente a vibração de cada verso! Dou meus parabéns para você Filipa, que nos encanta com seus versos, que nos encanta com a paixão em seus poemas e com certeza, que nos encanta com o modo puro da sua escrita. Eu sempre tive uma queda por poemas, depois da leitura do seu livro, está certo que não é somente uma queda, mas uma paixão mesmo. Sempre admirei quem faz poemas e tão belos, como os seus. Fico tão agradecida por ter tido a oportunidade de ler o seu livro e principalmente, por ter essa parceria com você, tão doce e paciente. Muito obrigada mesmo! 
(página 121 ☞ Carta 3: Christine e Erik)Casulos de silêncio  
Universo a conspirar
Para tudo certo dar
Passado, presente, futuro
O caminho é duro
Casulos de silêncio
Borboletas retidas,
Cuja saída eu enuncio
Histórias são adiadas
Até a vontade agir
Antes do tempo urgir
Para a metamorfose se dar
Muito a borboleta terá de lutar
O casulo de silêncio terá de quebrar
E a verdade enfrentar
Sempre que houver sol haverá primavera
A luminosidade está em espera,
Pela chuva cessar
E o arco-íris abraçar ❞
Estão sentindo o quanto é mágico? Sim! Eu só vejo magia iluminando os poemas de Filipa, com seu ar poético e realista. Eu vou ficar repetindo isso sempre, porque eu realmente me encantei com sua obra e me encantei por estes poemas. 
Obrigada pela confiança e por tudo mesmo! Eu só tenho a agradecer a você, Filipa, e estou muito contente por esta nossa parceria. 
Espero que tenham gostado da resenha e que não deixem de saber mais sobre a obra e a autora, clicando aqui, você encontra essas informações. Não vão se arrepender pela compra e pela leitura! 
Para terminar o post, coloco aqui o poema que mais gostei da Carta 4 :3 
(página 145 ☞ Carta 4: Tu e Eu) Nunca deixes de amar e acreditar
Todos os dias
Há um nascer-do-Sol
Não ligues ao que eles dizem
Liga ao teu coração
Nunca deixes de sonhar
Nunca deixes de amar
Ouve o coração
Procura a força que há em ti
Acordo de uma noite
Protegida pelos anjos
Mas logo sei que tenho
De enfrentar batalhas
Mas encontro força
Em mim
Sigo em frente
Sei que há dias melhores
Tenho que sonhar
Tenho que amar
Por isso nunca
Se esqueçam
Que todos os dias
Há um nascer-do-Sol
Nascida em Abril de 1990, em Lisboa. Desde muito cedo despertou para o gosto da leitura e da poesia. Filipa é licenciada em Ciências da Saúde (UL), mestre em Gestão de Serviços de Saúde (ISCTE) e encontra-se actualmente a frequentar o quarto ano de Medicina Dentária (UL). “Cartas Imortais” é o seu primeiro livro.
Quer saber mais sobre a autora, sua obra e futuras? Que tal seguí-la em suas redes sociais? Os links são clicáveis!Facebook  § Instagram clube de fãs § Blog



10 comentários

  1. Olá flor,
    tudo bem com você, primeiro parabéns por seus textos e resenhas, sempre me instigam a ler :D
    Vim avisar que te marquei numa tag la no DNA :D
    Beijos
    Edna

    Dna Bookz / Fan page / Instagram  / Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Edna! É sempre tão bom te ver aqui no blog :D
      Eu que agradeço por você me acompanhar nesta aventura na blogosfera e por ser tão fofa comigo! Eu vi e já tinha respondido esta tag, logo te mando o link para você ver.
      Beijinhos.

      Excluir
    2. O livro pode ser encomendado através deste link: http://www.easybooks.com.br/literatura-biografias-humor-e-quadrinhos/poesia/cartas-imortais/

      Boa leitura :-)

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi, Filipa! Eu que agradeço e fico muito feliz por ter gostado :3
      Beijinhos!

      Excluir
  3. Oi Ruh.
    Eu confesso que não gosto muito de poemas, mas esses são tão lindos, fiquei encantada!!
    Apesar de não gostar, quero ler os outros, gostei muito desses.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi, Nay! Eu sempre tive uma quedinha por poemas, mas com certeza os românticos são de suspirar, né? Ahaaam, a Filipa soube nos envolver a cada novo poema e nos fazer desejar ler mais e mais.
      Beijinhos e não deixe de procurar uma forma de compra para seu livro ;)

      Excluir
  4. Poemas não são meu forte... alguns me encantam, exemplo, esse ai "Nunca deixes de amar e acreditar"rs
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dri! Esse me encantou bastante também <3 rsrs
      Beijos, linda!

      Excluir
    2. O livro pode ser encomendado através deste link: http://www.easybooks.com.br/literatura-biografias-humor-e-quadrinhos/poesia/cartas-imortais/

      Boa leitura :-)

      Excluir

Que tal deixar a sua opinião registrada aqui no blog?! Nós ficamos muito felizes por saber o que você pensa e pela sua visita.
Por favor, nada de comentários não construtivos e desrespeitosos :D
Deus te abençoe e volte sempre que quiser!
Comentários passam por moderação e são sempre respondidos! Caso queira ver a resposta, ative a notificação ^-^