28/11/2015

Curiosidades | #4 Vem cá saber mais!

Ooooi, gente abençoada! Tudo beleza? E eu por aqui novamente para dar continuidade as divulgações deste livro e autora  Hoje trago uma novidade aqui no blog, que além de ser algo especial e para dar mais curiosidade para vocês, além de respostas, é também uma nova categoria criada aqui para o T&A: Curiosidades. Ou seja, estaremos trazendo para vocês entrevistas com nossos parceiros, curiosidades sobre a gente, vocês dando sugestões e muito mais, o que é bem massa, né? ENTÃO, para começar esta categoria, trago uma entrevista bem bacana com a Dáfne, que é um amor de pessoa e que nos respondeu bem rapidamente. Devo dar os créditos das perguntas para a Nahh, no qual surtou também quando leu o livro. Vamos lá?!

Entrevista:

 Dáfne P. Freitas nasceu em 1984, em São José dos Campos, mas vive em São Paulo desde os dois anos. Incentivada  à  leitura  desde  muito  cedo,  encontrou  nos  livros  de  aventura  e  fantasia  uma válvula de escape para sua mente inquieta e cheia de devaneios. É publicitária por formação, casamenteira por profissão, arqueira por curiosidade, patinadora por acaso, sonhadora por natureza, crítica de cinema por intromissão mesmo e escritora por paixão. Além de ser dona de um furão chamado Chucrute.

1º O que te inspirou a escrever o livro? Como surgiu a ideia? 
A ideia surgiu de um jogo de RPG que eu jogava com algumas amigas quando era adolescente. Os personagens, o principal vilão e toda o mundo fantástico surgiu naquela época. A parte mais política e as tramas eu criei depois.

2º Conte-nos como foi a escolha do título do livro. Primeiro surgiu o título para depois a estória ou foi ao contrário? 
Foi ao contrário, a história já estava muito clara na minha cabeça. O título eu criei depois com algum esforço, acho que foi a parte mais difícil pra mim! rs

3º Como foi que aconteceu o processo de escolha da capa? 
Inicialmente eu tinha imaginado uma capa diferente. Pensei em algo mais relacionado ao fogo (quem leu vai saber porque... ;). Mas a editora me enviou algumas sugestões mais relacionadas à torre. Eu gostei da ideia, mas as duas primeiras opções de capa que eles me mandaram eu não gostei. Aí mandaram essa e eu achei ótima!

4º Como foi o processo de criação dos personagens? 
Já faz muito tempo que eu criei a base deles, então não me lembro muito bem. No começo eles eram apenas personagens do meu RPG que ajudavam as jogadoras. Mas quando parei pra escrever eu comecei a imaginar como se eles existissem de verdade, de onde eles seriam, o que teria acontecido em suas vidas para formar a personalidade deles, o que eles gostam e o que não gostam, defeitos, qualidades... Enfim. Foi bem legal pensar nisso tudo!

5º Qual foi a parte mais difícil da obra? 
Pra mim, foi o julgamento. É uma parte do livro que não tem tanta ação, é bem burocrática e realmente não é das minhas preferidas. Acho que levei um tempo até ficar satisfeita com o resultado. Depois disso teve também a “batalha” final, que eu reescrevi umas 4 vezes também, pois ainda não estava contente (nas primeiras vezes ela tinha ficado muito leve, muito sem graça eu acho).

6º Em algum momento pensou em desistir de escrever o livro? Se sim, por quê? 
Depois da primeira versão (lá quando eu tinha meus 18 anos) eu decidi desistir porque não conseguia uma editora. Mas nessa segunda vez não, eu já tinha colocado na cabeça que ia publicar de um jeito ou de outro, então foi mais fácil manter o foco.

7º Como você se sentia ao decorrer da escrita do livro e como se sentiu ao término do mesmo? 
Empolgada! E ansiosa. Queria muito saber o que as pessoas iam achar da minha história!

8º Por qual/quais parte(s) do livro você é mais apaixonada? 
Gosto muito do final do capítulo 3, acho que foi uma das cenas que mais gostei de escrever. O capítulo 5 também é dos meus favoritos. Gosto também do final do julgamento (quando eles conseguem relaxar um pouco... aqueles diálogos no jantar estão entre os meus favoritos) e da pequena cena final que tem no livro. Acho que essas são as partes que mais gosto.

9º Você recebeu apoio de seus familiares e amigos? Qual a importância disso em sua opinião? 
Sim! Todos me apoiaram, e isso foi muito legal! E nenhum deles escondeu se não gostava de alguma parte do livro, essas críticas foram ótimas pra que eu adaptasse a história até ela se tornar o que é hoje.

10º Resuma como foi a sua experiência desde o começo da criação até o final.
Ai, não sou boa de resumir coisas... hahahahaha Mas posso tentar. Foi uma experiência boa, apesar de eu parecer uma louca durante o processo todo. Tinha dias que eu mal dormia, ficava em frente ao computador por horas, descabelada, de pijama, neurótica com alguma cena. Mas mesmo assim foi muuuuito legal! As únicas partes chatas foram as partes burocráticas (buscar editora, negociar, etc...)

11º O que nós leitores podemos esperar no segundo livro? 
Muita coisa! O segundo tem muito mais fantasia, muito mais ação, muito mais mistério e quase todas as respostas que vocês precisam pra entender a história da grande Legião Branca. Tem também mais romance, o lado político é deixado um pouco de lado, pois não é mais tão importante quanto os problemas “novos” que surgem diante deles. Espero acertar na mão, assim como acertei nesse! rs
Então, é isso, gente! Espero sinceramente que tenham gostado, que essas perguntas e respostas tenham feito vocês mais curiosos sobre o livro e tal, também que para quem gosta de conhecer mais do autor, tenha curtido esse momento com a Dáfne, né? No qual agradecemos de coração por toda ajuda e por nos dar toda esta atenção. Obrigada! Até a próxima, gente!
Se você ainda não leu os posts anteriores, pode ir nestes links e saber mais:




8 comentários

  1. Acho que já disse que amo a Dáfne? Fiz uma entrevista com ela no meu blog esses dias ela é um amor.....Amei o post!

    Beijos^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi, Sabrina :D
      Já disse sim Kkkkkkk Mas como não gostar dela? Seu humor é maravilhoso. Não sei se já li esta entrevista, mas eu creio que sim, visse?! Acho até que comentei :) Beeeijos

      Excluir
  2. Oiii
    Eu acho essa autora maravilhosa, ela é tão querida e linda não é?
    Eu fiquei com bastante vontade de conhecer sua obra melhor <3
    Beijão Ruhh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi, Morgana!
      Sim, ela realmente é <3 Esse seu livro é incrível, eu gostei muito, muito mesmo =3 Tenho certeza que você vai gostar.
      Beeijos

      Excluir
  3. Gostei muito das respostas da autora! Adorei as curiosidades! :)
    Ainda não li o livro, mas me despertou mais interesse.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi, Thamiris!
      Esse livro é <3
      A Dáfne surpreendeu, então creio que irá te surpreender também!
      Beijos e obrigada por comentar =)

      Excluir
  4. Adoro essas entrevistas dos autores, poder conhece-los melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi! Obrigada pelo comentário =D
      Realmente, as entrevistas são um máximo!
      Beeijos

      Excluir

Que tal deixar a sua opinião registrada aqui no blog?! Nós ficamos muito felizes por saber o que você pensa e pela sua visita.
Por favor, nada de comentários não construtivos e desrespeitosos :D
Deus te abençoe e volte sempre que quiser!
Comentários passam por moderação e são sempre respondidos! Caso queira ver a resposta, ative a notificação ^-^