25/03/2016

pensamentos da vida | Ei, Ele sente saudade

Oi, gente liinda! Tudo bem com vocês? Andei ausente aqui no blog e vou explicar rapidinho para vocês o porquê, para depois compartilhar algo e abrir o meu coração :))
Eu comecei a faculdade dia 2 de fevereiro e desde então, minha rotina está uma loucura, uma loucura boa, mas que me deixa sem tempo suficiente Kkkk Estou ainda organizando o meu tempo direitinho, em breve estarei postando aqui com mais frequência, pelo menos, estou trabalhando para isso. Minha vida entrou em uma nova estação e como todos sabem, a troca de estações geram mudanças e precisamos nos adaptar a elas. Estava com saudades de escrever e compartilhar o que aprendo e penso com vocês. Peço perdão por esse período que fiquei sem postar. Bora papear um pouquinho agora? Continua lendo <3
Depois de um mês que a faculdade começou, notei que parei um pouco com meus devocionais matinais, acordava de manhã e deixava passar aquele momento que eu lia uma mensagem, mastigava (meditava) um pouco sobre, depois orava e aí sim ia me arrumar, etc. Eu não parei de orar, mas atrasei um pouco nas mensagens e sabe quando a sua oração é aquela coisa superficial? Aquela oração que você sabe que não está se entregando realmente para aquele momento, porque está pensando que se passar do horário você vai se atrasar e você precisa tomar banho e fazer isso ou aquilo? Minhas orações começaram, com a rotina, a ficar desse modo. 
Gentee, vocês não sabem como senti uma grande diferença ao decorrer do dia, devido ao fato de eu não estar orando de forma plena como estava fazendo. Comecei a me sentir fraca, estava me sentindo estranha e não estava entendendo muito aquilo tudo que se passava dentro de mim, no meu íntimo mesmo... Eu escrevi um post aqui para o blog sobre o andar com Deus (leia AQUI) e cara, quando deu aquele click em mim, percebi que eu estava segurando o dedo de Deus e que minha mão já estava escorregando... Me dei conta de que estava me distanciando do meu Pai, meu amado Pai, porque bem sabemos que o Senhor não se afasta de nós, nós que nos afastamos dEle. 
Em apenas alguns dias sem orar direito, sem ler as mensagens do meu devocional, me senti como se tivesse me perdido num supermercado cheio de gente... E a inquietação, o incômodo que eu estava sentindo dentro de mim, era exatamente o meu espírito chamando pelo Pai, clamando, chorando por ter se perdido, mas, sabe quando a criança avista o pai ou a mãe no meio da multidão (e essa multidão pode ser o tanto de afazeres, atividades corriqueiras do cotidiano, trabalhos, papéis, etc.) que o coração acelera e você corre e abraça e chora, agora de alegria por ele/ela ter ido ao teu encontro? 
Deus sente saudade de você. Ele é Pai. Eu agradeço tanto ao Senhor pela graça, pela misericórdia, pelo amor gigantesco dele por mim. E como é gostoso quando esse amor te envolve e te diz "Filha, eu estou aqui agora. Calma... shhh. Vai ficar tudo bem de novo". 
Eu não sei se vocês já passaram por isso, eu só sei que eu passei e como é ruim. Você acaba tirando o foco dele e  vai se sentindo fraco, fraco e todo problema parece grande demais e parece que não há solução para o que você tanto quer resolver e começa a querer lutar pela própria força, esquecendo que não é na nossa força, é na do Senhor.  Às vezes deixamos a correria, a rotina enfraquecer o nosso relacionamento com Deus e geralmente acontece sutilmente, você vai deixando de ter os devocionais, a oração já não é com frequência e acaba caindo até no automático, não há tanta entrega mais na adoração e quando se percebe já está distraído no meio de tantas coisas e perdeu o Pai de vista. Devemos vigiar sempre e analisar como está indo o nosso relacionamento com o Senhor, questionar se realmente Ele está sendo a nossa prioridade, se verdadeiramente estamos investindo no relacionamento com o mesmo e reconhecer se estamos ou não. O reconhecer é o primeiro passo para a mudança. Eu reconheci e com a ajuda dele, estou caminhando. Além de que, na semana que fui me distanciando do Pai, percebi o quanto sou dependente dEle! O quanto Ele me completa. Que possamos a cada dia nos agarrar ao Senhor, andar com Ele, sabendo que podemos até tropeçar, mas que o mesmo nos ajuda a levantar, limpa os nossos joelhos ralados e diz: "Vamos, continue. Não pare, estou aqui com você para sempre".
Então, é isso pessoal. Fiquem na Paz e mesmo que eu não conheça pessoalmente alguns de vocês, amo todos em Cristo <3 

6 comentários

  1. Olá! Seu texto é lindo demais!!! E é verdade! Sempre que esqueço de orar fico meio agoniada rsrsrs sei lá, parece que meu ser pede que eu faça isso. Mas, gosto de orar de coração e não no automático sabe? Eu gostei muito das suas palavras foram lindas! beijos

    Entre Livros & Pergaminhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,Suzana! Tudo bem? Muito obrigada de coração <3 O sentimento é muito ruim mesmo, a gente sente que falta algo e sente saudade. Desculpa só responder agora o seu comentário. Um grande beijo e fique com Deus!

      Excluir
  2. Oi Ruhh,

    Sei exatamente como é essa correria. E vou te dizer uma coisa: vai piorar!! Se prepara. A cada semestre, mais correria. Logo vem um emprego, e aí já era.

    Infelizmente quando começamos a alcançar certos sonhos/objetivos e nossa vida fica mais corrida, acabamos deixando um pouco de nossa vida espiritual de lado. Falo por experiência própria. A vida vira uma confusão e as prioridades vão mudando. Acaba que se você não tiver controle, se afasta fácil fácil do plano de Deus. Mas você é uma jovem sábia, que com muita oração e organização pessoal, vai dar conta de tudo sem precisar se afastar dos caminhos do Senhor.

    Ahh, o seu blog foi marcado em uma tag. Passa lá!! Beijos.

    http://dialetica-literaria.blogspot.com.br/2016/03/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Eu, Nahh, que escrevi o post hehehe. O que você falou realmente é verdade, mas com organização e definindo as prioridades tudo fica mais leve. Muito obrigada pelo seu comentário <3

      Excluir
  3. Que blog gostoso de ler, sei lá, até parece que esse texto foi escrito por mim rsrs, sei exatamente como é essa situação e o quao desesperador é se perder do pai. Voce sabe que está longe, o Espirito Santo grita dentro de você, mas é dificil se achar, pois estamos longe. Que texto lindo, parabens, amei, amei, amei!
    Claroo que vou seguir este blog e acompanhar cada post e atualização, pois é muito meu rs, já me apropriei do seu blog kk.
    Um super beijo, que Deus muito te abençoe e continue te inspirando, Tety
    soufilha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie, Tety! Tudo bem? Muito obrigada, de verdade <3 Manter a constância no relacionamento com o Pai é um desafio diário. Um grande beijo e espero ler mais comentários seus! E amém :))

      Excluir

Que tal deixar a sua opinião registrada aqui no blog?! Nós ficamos muito felizes por saber o que você pensa e pela sua visita.
Por favor, nada de comentários não construtivos e desrespeitosos :D
Deus te abençoe e volte sempre que quiser!
Comentários passam por moderação e são sempre respondidos! Caso queira ver a resposta, ative a notificação ^-^